domingo, 20 de março de 2011

Poema: "Alguém Que Conhecemos."

Há alguém que conhecemos.
Alguém que um dia nós conhecemos.
E que hoje, talvez não mais nos conheça.


Há alguém que um dia nos conheceu.
Alguém que um dia a gente esqueceu.
E que hoje, talvez nem eu conheça.


É sim, é verdade. 
O tempo passou e não deixou nem mais saudade.
O tempo passou com ele a cada dia, uma nova cidade.


É sim, é verdade.
O tempo passou, e todos crescemos.
Cada um a seu tempo, aprendemos.
Cada um à sua maneira, vivemos.


É triste a verdade, 
Que, sim, o tempo passou
Todos nós crescemos, 
Todos nós aprendemos.


E assim, é triste a verdade
Que há alguém que nós conhecemos, 
Que há muito não víamos,
E não mais veremos.


É triste, ou feliz a verdade,
Que o descanso e a cura se encontram na eternidade.

Em homenagem à alma e pessoa de Vanessa Nami Belluco Munacata. Que ela descanse em paz e que sua família e viúvo encontrem forças para superar sua ausência.

aureliomasr

4 comentários:

Thalita disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Thalita disse...

Parabéns pelo poema Curélio! Gostei bastante, em especial: "É triste, ou feliz a verdade,
Que o descanso e a cura se encontram na eternidade."
Que Deus conforte esta família!
Beijos!

Gabriela disse...

olá aurélio
essa vanessa de que vc fala eh de guaratinguetá?
ela morreu de que????

ANDRÉIA KAMILO disse...

olá aurélio Tive a oportunidade de conhece-la quando ela estava internada no hc conheci ela sua mãe seu irmão e seu esposo,ela sempre se internava lá para fazer tratatamento é uma grande perda que DEUS em sua eterna missericordia venha confortar o coração de seu entes queridos.