quinta-feira, 11 de novembro de 2010

As Faxinas De Casa

Por muito tempo, enquanto eu ainda era estudante do Ensino Médio meu terror era chegar em casa depois das aulas nas segundas-feiras. Era dia de faxina. Toda santa segunda-feira a casa ficava de pernas pro ar, aquele bendito aspirador de pó urrando casa afora e minha mãe me xingando por contrabandear poeira de um território sujo para aquele onde ela já havia feito sua cruzada contra os ácaros.

Depois de um tempo isso mudou para as quintas-feiras. A batalha semanal mudou, pois eu tinha Educação Física à tarde, então eu ficava o dia todo fora... Mas era chegar em casa suado, com a roupa suja depois de jogar bola que minha mãe mandava eu entrar descalço e só de cueca pra não trazer sujeira da rua pra casa limpa... E nem pensar de sentar na cama, só depois de tomar banho!

Atualmente a paranoia de limpeza diminuiu devido ao fato de que hoje minha mãe tem um emprego que a consome, e ela só limpa a casa nos finais de semana ou arruma meu quarto quando eu não estou em casa. Mas o melhor aconteceu uns dias atrás... Eu não tenho muita trava na língua e aqui em casa - exceto quando rola stress de família, a gente faz muita sacanagem de brincadeira um com o outro. As manias de limpeza e economia da minha mãe são tão esquisitas que resolvi tirar uma com a cara dela. 

Um trident deve durar uns três dias pra ela. Ela nunca masca um trident inteiro, divide ele em dois ou três pedaços... E deixa o restante em cima de um potinho na cozinha, com o papel do próprio trident. Um belo dia peguei o restante do trident, e troquei por um pedaço de borracha, que minuciosamente cortei com uma faca nas dimensões do trident e dividi em dois pedaços, como ela faz. Meu pai, ciente de tudo viu. E riu. Pena que eu não vi quando minha mãe pegou a borracha, colocou na boca e deu aquela dentada achando que era o trident. Mas sei que foi simpático... Principalmente por ela mascar chiclete quando está fazendo faxina. Teria sido minha vingança?

Em outra ocasião, a paranoia passou para roupa suja. Todo domingo de manhã escuto: "junta suas roupas sujas pra lavar", sendo que todas as sujas ficam no cesto de roupa suja... Não aguentei e respondi: "Já separei todas, mas aqui... tem umas camisas na minha gaveta que eu não uso há algum tempo, elas devem estar meio empoeiradas. Quer que coloca elas pra lavar também?". Acho que meu pai nunca riu tanto como nessa hora...

E minha mãe pediu as camisas empoeiradas pra lavar...

Mereço???

3 comentários:

Rodrigo Fonseca disse...

cara, li o post enquanto minha mãe esta com um rodo e limpando a casa todo... sem contar q ela sempre limpa meu quarto quando eu estou vendo tv ou jogando! kkkkk
tive que mostrar pra ela o post! gerou boas risadas por aqui!
manda aquele abraço para o pessoal ai!

craftmind disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk... acho que me lembro de algumas coisas que vc disse, principalmente tirar o sapato antes de entrar na sua casa!!!!

Leticia disse...

Só não ofereço trocar de mãe pq vai da no mesmo... Deve ser mal da familia, mas só entre a tia Dayse, minha mãe e axo qe a tia Vânia tb tem um pouco... oow, vc me deu otimas ideias para com a Dona Suely. Muahahahahaa'