quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Coisas Simples da Vida Moderna - Como Emburrercer A Juventude

Há alguns dias atrás, enquanto eu e uma amiga conversávamos com uma professora do conservatório, ela talvez na sua inocência de pessoa não muito ligada às coisas da internet que se fizeram simples como enviar um e-mail perguntou, em tom de comparação, se o volume de cartas enviadas pelos Correios diminuiu "com o advento da internet" (ela não usou essa expressão, mas dizer "o advento da internet" aumenta a profundidade do texto!).

É lógico que diminuiu. E muito. Então nosso assunto fluiu para os serviços prestados para os correios e ela contou um caso que recentemente ela "precisou" enviar um telegrama para alguém e se assustou com o preço. Segundo ela, R$ 8,90. Coincidentemente o celular dela tocou, ela recebera uma mensagem. Irônico, dissemos a ela que uma mensagem custa centavos e tem o mesmo efeito do telegrama, no entanto ela disse que estranhou quando chegou nos correios e o atendente a entregou uma folha para que ela redigisse o telegrama. "Posso escrever nela toda?". "Sim, o quanto quiser", respondeu o atendente. Depois de ter se assustado com o preço, ela comentou que quando ela estudava, ela tinha aula para aprender a escrever telegramas, pois até alguns anos atrás, os telegramas eram cobrados por letras. Então surgiu o famoso "Saudacoes pt", e diversas outras abreviações, para que o telegrama não ficasse tão caro. E hoje isso não existe mais, aparentemente.

E então "com o advento da Internet" diversos educadores vieram questionar que a mesma emburrece a juventude, uma vez que os jovens simplesmente entram no MSN p tc c seus melhores amgs. E esquecem da gramática e da ortografia em função de uma digitação mais rápida e assim o papo fluir mais rápido, mas tbm, elas n tem tanto tempo p perder c isso mais. Ngm tem tempo d digitar nem 1 palavra qse inteira. Td eh mto dif agora. Vc n sabe oq dizer qdo lê alguma coisa q n entende pq fez curso p escrever telegrama.

O que eu quero dizer é que havia uma linguagem (que eu desconheço) para mandar um telegrama. Hoje há uma linguagem para abreviar uma mensagem de celular ou de um comunicador instantâneo, o problema que eu vejo - e como fico muito tempo na internet - são erros de português terríveis. Pelo menos alguns navegadores de internet já têm corretor ortográfico, que destaca alguns erros de português, no entanto, nem todos levam em consideração como dói um erro de português. Tenho consciência que não acerto tudo, mas um mínimo para não assassinar a gramática sempre é bem vindo...  Abreviar palavras em chat não é crime, eu escrevo assim às vezes, e acho q qqr um deveria, então, pq n? O importante eh usar as ferramentas q a modernidd nos oferece.

Abraços a todos
aureliomasr

Um comentário:

Aline disse...

Como professora de português, digo a você que essa nova linguagem realmente "confundiu" a cabeça dos jovens. Na teoria, eles deveriam saber distinguir uma e outra e usá-las no momento adequado, contudo, não é o que acontece e o que é pior, eles não têm o menor interesse em aprender o correto, ainda mais sendo a gramática da Língua Portuguesa considerada difícil e chata pelos alunos. Assim não irão despender grandes esforços para aprendê-la. É uma pena porque futuramente lhes fará falta...