sábado, 23 de agosto de 2008

Coadjuvante no Filme da Minha Vida

Bom...acabou mais uma semana e começou bem demais.

Entre atropelos, dia a dia, rotina, decepções na faculdade e sair de "cata-cavaco" no trabalho, o balanço é mediano pra esta semana... Talvez seja reflexo do meu espirito agora.

Sempre acho que preciso de novos ares e desta vez não se trata de uma viagem nem mudança de função. Preciso de um novo trabalho. Meu perfil é de consultoria, análise e gestão...e estou perdido, sem saber por onde começo, a quem recorrer!

E o resumo da semana...

1. A cotação de 20.000 pares, tomou uma manhã inteira, fizemos uma condição de preços especialíssima e NADA! Como a cotação foi eletrônica, recebemos um e-mail do tipo "no-reply" agradecendo a participação;

2. Meu projeto, que já havia sido redesenhado já mudou de mãos. Não é mais meu. Minhas idéias serão responsabilidades de outros, mas por motivos que coloco abaixo e são aprendizado:
a) Meu espirito de liderança precisa de espaço e liberadade: AUTONOMIA;
b) EU preciso de trabalhar com pessoas acessíveis, mas quando 25% jogam contra, é hora de fazer um rapport e jogar junto, pra não chegar junto.

Infelizmente, não vai ser agora que minha ocupação terá mais relevância. Terei o mesmo papel que desempenho há dois anos, e isso começa a me incomodar. Gosto de mudanças e desafios e, mudar o projeto foi praticamente broxante, embora eu tenha admitido que isso seria inevitável a este momento.




Hoje, descobri quais são os cinco pilares que baseiam minha vida nos caminhos por onde andei e pra onde vou.

Não necessariamente nesta ordem, as pessoas que me inspiram a viver, meus pilares são
meu pai, minha mãe, Natalia, Carlos, Rodrigo e Deus. São pessoas que passam os dias na minha vida de maneira marcante em sua simplicidade, cumplicidade e honestidade desinteressada.

Cabe aqui, a citar sem motivo, pra não precisar agradar ninguém, somente a mim mesmo, uma música do Radiohead que pareceu fazer mais sentido agora, do penúltimo álbum, "Hail To The Thief").

There There

In a pitch dark
I go walking in your landscape
Broken branches trip me as I speak

Just because you feel it
It doesn't mean it's there

There's always a siren
Singing you to shipwreck
Steer away from these rocks
We'd be a walking disaster

Just because you feel it,
It doesn't mean it's there

There, there

Why so green and lonely?
Heaven sent you to me

We are accidents
Waiting
Waiting to happen.


Bom final de semana!

Um abraço a todos vocês. E um especial aos pilares.
aureliomasr

Um comentário:

Rodrigo Foca disse...

caramba, quer dizer que sou um pilar???
fico felizão por ter uma menção de importancia tão grande como essa!
Mt obrigado! :D
e parabens novamente pelo aniversário!
sobre o trabalho, é sempre bom mudar de ares... já diria Neil Young, melhor queimar que esvanecer!